Musicalização infantil: o “idioma” que todos falam

Os animais, pássaros e nós, seres humanos, traduzimos a nossa presença por meio da música. Ela nos integra a tudo que é orgânico e está vivo na Terra. É dentro desse contexto que a musicalização infantil está inserida.

A música é considerada uma linguagem universal. Trata-se do que nossos ouvidos percebem como movimentações vibratórias e toda sonoridade que nos rodeia. Tudo expressa a vida, a energia, o universo, indicando acontecimentos, meios sociais e paisagens sonoras.

Fato é que a música é presença confirmada em nossa cultura. Por isso, a musicalização na educação infantil é fundamental, a fim de formar adultos autônomos, criativos e com pensamento crítico.

Quem não gosta de música? Essa arte arrebata crianças, adolescentes e adultos. Então, neste post, vamos falar um pouco mais sobre a importância das aulas de musicalização infantil. Confira!

A musicalização infantil contribui para o aprendizado

A música auxilia o ensino de conhecimentos em diversas áreas, além de desenvolver a criatividade e a capacidade de ter opinião própria.

Ou seja, crianças que têm contato com aulas de musicalização no ensino infantil tendem a ser mais independentes, autossuficientes e socialmente responsáveis.

Obviamente, esse tipo de ferramenta educacional não tem a função de substituir o ensino como um todo. A educação tem como propósito potencializar as habilidades de cada ser humano. Mas, sem usar a música, fica bem mais difícil alcançar esse objetivo, porque essa atividade leva o aluno a agir.

Ela floresce a motricidade e refina os sentidos naturais (sensorialidade) com ritmo, sonoridade e melodia, que toca na afetividade.

A motricidade infantil é dividida em dois tipos:

  • motricidade ampla: correr, pular, brincar;
  • motricidade fina: amarrar cadarços e segurar o garfo para comer sozinho.

Portanto, podemos afirmar que a musicalização complementa a educação infantil, já que o aprendizado faz as crianças pensarem e a música faz os pequenos se movimentarem.

A legislação brasileira estabelece a importância da musicalização infantil

Ainda existem vários desafios para que o ensino brasileiro tenha propostas sólidas em relação às aulas de musicalização na educação infantil. No entanto, em 2008, um passo muito importante foi dado, com a sanção da Lei Nº 11.769.

Ela estabeleceu que aulas de música são obrigatórias em instituições de ensino da educação básica, ou seja, durante a educação infantil, o ensino fundamental e o ensino médio.

Com certeza, ter essa lei aprovada foi uma conquista enorme para o setor de educação musical brasileiro, por assegurar o direito dos estudantes ao aprendizado da música.

Assim, a conexão entre escola, professores, música e alunos ganha um grande aliado. E a inteligência artística das crianças fica cada vez mais aguçada, mexendo com seu imaginário.

Em parceria, as duas formas de ensino colocam a criança em fases de desenvolvimento mais abrangentes. Ela passa a compreender os conhecimentos que recebe e como utilizá-los.

Agora, ficou mais fácil entender que a musicalização infantil é responsável por estimular futuros adultos de várias maneiras, principalmente no jeito que eles se comunicam com o mundo.

Aqui na Green Kids School, as aulas de musicalização são ministradas de forma lúdica e livre. Saiba mais sobre o nosso jeito de ensinar!