O Bilinguismo

V Vários estudos dentro do campo da neurociência revelam como é o processo evolutivo do cérebro durante os primeiros anos da infância. Até os 6 anos de idade, o seu filho está formando a base de aprendizado que será usada por toda a vida.
Esse fenômeno tem nome: chama-se “Janela de Oportunidades”. O processo de aprender novas habilidades e desenvolver competências é muito mais fácil na Primeira Infância, incluindo o aprendizado de um novo idioma.

Por que aprender inglês na infância é mais fácil?


Um dos estudos que analisou os processos neuronais durante o aprendizado de um novo idioma na infância, intitulado From Neurons to Neighborhoods: The Science of Early Childhood Development, comprova que a partir dos 6 anos fica mais difícil guardar ensinamentos linguísticos em níveis elevados.


Durante os primeiros 6 anos de vida, o cérebro do seu filho é altamente favorável a realizar conexões neurais. Essa é a única fase que um ser humano consegue alcançar o pico de 1.000 novas conexões neuronais por segundo, o dobro do cérebro de um adulto. Cada uma dessas conexões é responsável por formar a base da estrutura do cérebro do seu filho, impactando diretamente no processo de aprendizado infantil.


Ao longo da Primeira Infância, a aquisição de um idioma acontece organicamente e de forma inconsciente, por meio da assimilação natural pelas crianças. Trata-se de processo espontâneo e que não requer esforço por parte dos pequenos.

A partir dos 7 anos, a aprendizagem de uma segunda língua passa a ser feita em uma área do cérebro diferente, por um processo consciente em que a primeira língua é usada como base, em conjunto com o recurso da tradução. Ou seja, fica mais difícil ser realmente bilíngue depois da Primeira Infância.



A frequência do contato com o inglês faz toda a diferença no aprendizado


Uma pesquisa chamou a atenção para a importância da frequência no aprendizado dos bebês, tanto em atividades cognitivas, como reconhecer um rosto, como em habilidades linguísticas.


Ao longo da Janela de Oportunidades, todos os bebês que absorveram o ensino de um idioma foram submetidos a repetições constantes. Podemos comprovar isso observando nossos próprios filhos quando pequenos. Quase sempre as primeiras palavras que eles aprendem são aquelas que mais escutam.


Um bebê demora vários meses para ser capaz de transformar sílabas em palavras. Depois de mais ou menos 50 termos aprendidos, eles entram no chamado “mapeamento rápido”. Nesse estágio, o ritmo do aprendizado é muito veloz.


Ter contato com o inglês é tão relevante no processo de fluência para o longo prazo, que um estudo comprovou que as crianças que escutam mais palavras em determinada língua nos seus primeiros 3 anos de vida terão um vocabulário muito maior ao atingirem 11 anos.

A Janela de Oportunidades interfere totalmente no desenvolvimento de cada uma das habilidades cognitivas do seu filho. E essa é uma tarefa que precisa ter o apoio da escola de ensino infantil.


O espaço escolar deve proporcionar o ambiente ideal para que as crianças se desenvolvam positivamente. O retorno emocional e financeiro desse investimento virá no longo prazo.


Agende sua visita